Livrinhos do mês de Novembro

Livrinhos do mês de Novembro

Último post do ano!
E pronto.. tinha de ser com mais livros! Eehehh!
Trago-vos, então, o bookhaul do mês de Novembro!

Tenham um FELIZ ANO NOVO!

Anúncios
Opinião | A dama da meia-noite, de Tessa Dare

Opinião | A dama da meia-noite, de Tessa Dare

dama
Título Original: 
A Lady by Midnight (Spindle Cove #3)
Autora: Tessa Dare
ISBN: 9789898855268
Editora: TopSeller
Páginas: 320
A minha classificação: 3,90/5

– Sinopse –
Spindle Cove é uma pacata vila onde jovens senhoras convivem e procuram manter a sua reputação intacta.
Após anos a levar uma vida solitária, a órfã Kate Taylor encontrou acolhimento e amizade em Spindle Cove, onde dá lições de música e frequenta a classe mais privilegiada da vila. Mas Kate anseia por algo mais, por conhecer o verdadeiro amor.
Até que revelações inesperadas ameaçam mudar o destino de uma donzela muito querida para todos.
Frio como o gelo, porém incrivelmente bonito, o cabo Thorne é o exemplo perfeito do tipo de homem que Kate deveria evitar. Mas o destino parece não concordar com ela. Entretanto, um grupo de misteriosos desconhecidos chega a Spindle Cove para revelar a Kate as suas verdadeiras origens. É então que, para surpresa geral, Thorne se apresenta como seu noivo.
A não ser que o anoitecer se encarregue de alterar o rumo dos seus passos.
Ele afirma que nada sente, além do dever de a proteger. Mas Kate está longe de acreditar nisso… E para Thorne conseguir convencê-la terá que manter as mãos longe do seu corpo tentador e escudar o coração daquele sorriso deslumbrante. Conseguirá este guerreiro vencer a sua derradeira batalha? Ou render-se-á ao desafio de amar pela primeira vez?

– Opinião –
Sabem aquela parte do livro Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, quando os gémeos Weasley comentam com o Harry que os Hufflepuff (GO TEAM!) têm um novo Seeker, e as meninas começam aos risinhos? A parte do
“Angelina Johnson : “He’s that tall, good-looking one, isn’t he?
Katie Bell: “Strong and silent.

Pronto. Não sei porquê mas a personagem de Thorne fez-me imenso lembrar esta cena, porque ele enquadra-se super bem, nessa descrição! Mas ele só é como é, por causa do seu passado sombrio… passado esse que descobrimos, mais tarde, envolve a protagonista Kate. Ela é linda. Bondosa. E com um “defeito”. Uma marca de nascimento, em forma de coração, na testa.

A história é fofa. Um bocadinho cliché, porque Kate é orfã e do nada aparece uma família à sua procura e a história vira um pouco, um conto de fadas. Adoro alguns integrantes desta família eheh.

Mas a evolução do relacionamento entre os dois protagonistas, a forma como ela não desiste dele e como ele, apesar de a afastar sempre, acaba a ceder…. A forma como lutam pelo melhor de ambos, apesar de nem sempre concordarem com a forma usada… Eu gostei. MUITO.
E aquele final. FOI TÃO FOFO. AI CORAÇÃO.

Num geral, foi uma leitura leve, divertida.
Um livrinho a ler, quando se quer descansar do dia a dia mais tumultuoso, ou se está numa slump!

Opinião | Uma semana para se perder, de Tessa Dare

Opinião | Uma semana para se perder, de Tessa Dare

uma-semana-para-perder


Título Original:
A Week to be Wicked (Spindle Cove #2)
Autora: Tessa Dare
ISBN: 9789728592189
Editora: TopSeller
Páginas: 320
A minha classificação: 4/5

Compre aqui
A capa é da edição brasileira pela editora Gutenberg

– Sinopse –

Spindle Cove é uma vila para donzelas em risco de serem seduzidas pelos cavalheiros errados, já que se tornou também o lar de uma pequena milícia de soldados incorrigíveis. Estão reunidos os ingredientes para um verdadeiro escândalo.

Minerva Highwood, uma inteligente e determinada geóloga, habitante de Spindle Cove, está a planear uma viagem à Escócia para apresentar uma grande descoberta num simpósio de relevo. Mas uma mulher solteira e de boas famílias não pode viajar sozinha. E só uma pessoa a poderá ajudar.

Lorde Colin Payne, um conhecido libertino, está ansioso por voltar a Londres, agora que a guerra acabou. Porém, sem dinheiro, não tem como sair da vila. Minerva Highwood tem a solução para o seu problema, mas para isso ele terá de a acompanhar até Edimburgo.

Estes parceiros improváveis embarcam numa viagem de quase 700 quilómetros, tentando convencer as respetivas famílias de que estão apaixonados e que fugiram para casar. Ao longo de sete dias, eles terão de partilhar uma carruagem e… uma cama, sem se matarem. Será que vão conseguir chegar ao destino inteiros? Ou ficarão perdidos de amor pelo caminho?

– Opinião –
Neste segundo livro da série Spindle Cove, temos a história de Minerva e Colin. Minerva é a patinho feio da família mas muitíssimo inteligente, com o sonho de se tornar a primeira mulher geóloga. E quem leu o primeiro volume, sabe que a mãe de Minerva tem o sonho (é mais desespero mesmo) que a filha Diana se case com um homem de estatuto superior. Min não aguenta Colin. Mal o tolera. E de forma a afastá-lo da sua irmã resolve pedir-lhe que ele a acompanhe até à Escócia onde haverá um importante Simpósio de Geologia. Dessa forma, ela não só conquista a sua independência, como livra a sua irmã das constantes tentativas da mãe de ambas em obter a atenção do Lorde Colin Payne. Mas claro que tal feito, iria ter efeitos negativos na honra de Minerva, uma vez que ambos não são casados.

Apesar de ele lhe dizer logo de cara, um não, no final ele acaba por ir com ela. Porque bem… Ela é uma mulher de carácter. Ou ia com ele, ou ia sozinha.
Só que ele tem certas condições: nada de carruagens, nada de viajar à noite e isto limita em muito o tempo de viagem. Mas é nesta viagem louca até à Escócia que ambos passam a realmente conhecerem-se e a ajudarem-se mutuamente.

É uma leitura leve, bem humorada, com momentos de riso. Uma viagem literal de crescimento e mudança. Um volume melhor que o primeiro, talvez por me identificar com a nossa Min!

Opinião | Uma noite para se entregar, de Tessa Dare

Opinião | Uma noite para se entregar, de Tessa Dare

Posso, sem qualquer sombra de dúvida, vos dizer que quando estou nalguma slump ou simplesmente não me apetece ler nada, que HP e romances de época, são a minha melhor companhia.
E como tal, hoje trago-vos mais uma opinião sobre… um romance de época hehe!

Baixar-Livro-Uma-Noite-Para-Se-Entregar-Spindle-Cove-Vol-1-Tessa-Dare-em-PDF-ePub-e-Mobi-ou-ler-online.jpg
Título original: A Night to Surrender (Spindle Cove #1)
Autora:
 Tessa Dare
Ano: 2011
Páginas: 372

A minha classificação: 3,80/5

Compra aqui
A capa é da edição brasileira pela editora Gutenberg.

Sinopse:
As raparigas bem-nascidas, influenciáveis e que correm riscos de ser seduzidas pelos cavalheiros errados são enviadas pelas famílias para Spindle Cove. Aqui elas deverão «curar-se» com os bons ares marítimos, desenvolver os seus talentos e viver vidas tranquilas. Susanna Finch é a anfitriã da vila e guardiã deste verdadeiro refúgio, livre de homens e de tentações.
Mas com a chegada de um homem…
Retirado da frente de guerra contra Napoleão após sofrer um ferimento, o tenente-coronel Victor Bramwell quer agora recuperar o comando do seu regimento. O seu plano leva-o a Spindle Cove onde, ao contrário do que esperava, acaba por receber um título de conde, um castelo e a responsabilidade de criar uma milícia para defender a vila.
Vai ser palco de uma verdadeira guerra dos sexos.
Susanna teme que a presença de uma milícia na vila desencaminhe as donzelas. E o tenente-coronel tem de cumprir a sua missão para poder voltar para a guerra. Nasce, assim, uma autêntica guerra dos sexos. Mas com a atração crescente que sentem um pelo outro, serão eles capazes de manter os seus planos? Ou irão declarar-se vencidos pelo amor?

Opinião:
Primeiro de tudo, adorei a personagem principal! Mulher forte e decidida e com um senso de humor fantástico. Adorei o pequeno recanto que ela formou e as aulas que organizou e às quais se dedica. E a lealdade para com todas as suas “meninas problemáticas”, é de louvar!
E claro, tinha de aparecer um brutamontes pelo meio, Bram, um soldado com um ferimento no joelho, que o levou a ter de sair forçosamente da guerra.
Como se opõe a tal, ele dirige-se a Spindle Cove, para falar com o pai da protagonista, ao qual pede para “usar os cordelinhos” e arranjar-lhe um posto.

A narrativa é super fluída, engraçada, e de muito fácil leitura. Acompanhamos não só o desenrolar da história de Susanna e Bram, mas passamos a conhecer também os seus traumas e segredos, o que me levou a criar empatia com eles. Não só com eles, aliás. Vemos também um pequeno desenrolar na história das outras personagens, história essa que aprofunda nos livros seguintes da saga.

Quem quer algo leve para ler e ama romances de época… Agarrem nos livros!

Opinião | Um Mais Um, de Jojo Moyes

Opinião | Um Mais Um, de Jojo Moyes

350x.jpg
Título Original:
One Plus One
Autora: Jojo Moyes
ISBN: 978-972-0-03002-3
Edição: 08-2017
Editor: Porto Editora

Compra aqui 
Classificação: 4/5

Sinopse:
Uma mãe por conta própria
Jess Thomas faz o seu melhor, dia após dia. É difícil lutar sozinha.
E, por vezes, assume riscos que não devia. Apenas porque tem de ser…

Uma família caótica
Tanzie, a filha de Jess, é uma criança dotada e brilhante a lidar com números, mas sem apoio nunca terá oportunidade de se revelar.
Nicky, enteado de Jess, é um adolescente reservado, que não consegue sozinho fazer frente às perseguições de que é alvo na escola.
Por vezes, Jess sente que os filhos se estão a afundar…

Um desconhecido atraente
Ed Nicholls entra nas suas vidas. Ele é um homem com um passado complicado que foge desesperado de um futuro incerto. Ed sabe o que é a solidão. E quer ajudá-los…

Opinião:
Não entrei com muitas expectactivas na leitura deste livro, porque já me conheço muito bem e sei como reajo a obras desta autora. Ou seja… só a partir de meio é que começo a gostar haha. Sempre.

Anyway…
O livro foca em quatro personagens mais principais – Jess, que faz o papel de pai e mãe e que tem de batalhar entre alguns postos de trabalho, para que consiga colocar comida na boca dos filhos. Algo não muito incomum, nos dias que correm; a filha que é um prodígio em matemática; o enteado que é vítima de bullying, por não se enquadrar nos padrões estabelecidos pela sociedade; e Ed, um milionário que está a ser acusado de fornecer informações confidênciais.

Ora, como se junta a família de Jess e Ed? Basicamente, Jess é empregada de limpeza da mansão de Ed e quando Tanzie é chamada para uma Olímpiada de Matemática na Escócia, com a possibilidade de, caso ganhar, se transferir para um colégio privado, com 90% da bolsa, Ed oferece-se para levar a família (mais o cão enorme), no seu carro.
E esta viagem acaba a mudar a vida de todos.

Há muito pelo meio, mas gostei bastante de como pessoas tão diferentes possam ser a salvação uma da outra. O relacionamento dos protagonistas começa mal, mas através do convívio diário, e da protecção e carinho que Ed demonstra para com os filhos de Jess, ela acaba por se apaixonar.
E Jess pensa uma coisa com a qual me identifico: fé de que as coisas vão melhorar.

É um livro muito fácil de se ler, muito fluído, um livro sobre união familiar, amor, aprendizagem e superação de momentos difíceis!

Se ainda não leram, aconselho vivamente!

Uma leitura com o apoio de
p2a.jpg

Opinião | Mangá – Orange, de Ichigo Takano

Opinião | Mangá – Orange, de Ichigo Takano

f9f080ecb67880afa2a00ae3011d36c7--yumemiru-taiyou-anime-orange

Título original:

Orange: The Complete Collection, Vol. 1 e Orange: The Complete Collection, Vol. 2
Autora: Ichigo Takano 
Páginas: 523 + 523
Cartinhas: 5/5

 

Sinopse: colocarei apenas a do primeiro volume, para não haver spoilers.
No primeiro dia de aulas,  Naho recebe uma carta de dez anos no futuro. Primeiramente, ela pensa que é uma brincadeira, mas como as previsões da carta vão se tornando, uma a uma, em realidade, Naho percebe que a carta pode ser verdadeira. Ela no futuro, diz a Naho que um novo estudante, um rapaz chamado Kakeru, vai-se juntar à sua turma. A carta implora a Naho que cuide dele, dizendo que apenas Naho pode salvar Kakeru de um futuro terrível. Quem é esse rapaz misterioso, e poderá Naho salvá-lo do seu destino?

Opinião:

Mas que história linda!
Sinceramente, a mangaka fez um trabalho fantástico! Tanto na história como no desenho. A arte e os traços do manga são lindíssimos e a história… meu Deus, a história…
Orange traz lições de vida e mensagens muito importantes, sobre alguns temas pesados como a depressão.
Fala-nos de uma amizade e amor que ultrapassa a barreira do tempo, literalmente.
Fala-nos de altruísmo, de arrependimentos, de lutas e conquistas. Caraças, demonstra-nos como que de chapada a cara da depressão em alguém que parece estar bem e sorridente.
E se isso, infelizmente, não é a imagem associada à depressão, hoje em dia… o que é?
Eu amei este grupo de amigos. Amigos os sacríficios e o vínculo que criaram entre todos. Estou toda arrepiada.
É um manga que eu recomendo, mais que vivamente. É M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O.