Opinião | Uma semana para se perder, de Tessa Dare

Opinião | Uma semana para se perder, de Tessa Dare

uma-semana-para-perder


Título Original:
A Week to be Wicked (Spindle Cove #2)
Autora: Tessa Dare
ISBN: 9789728592189
Editora: TopSeller
Páginas: 320
A minha classificação: 4/5

Compre aqui
A capa é da edição brasileira pela editora Gutenberg

– Sinopse –

Spindle Cove é uma vila para donzelas em risco de serem seduzidas pelos cavalheiros errados, já que se tornou também o lar de uma pequena milícia de soldados incorrigíveis. Estão reunidos os ingredientes para um verdadeiro escândalo.

Minerva Highwood, uma inteligente e determinada geóloga, habitante de Spindle Cove, está a planear uma viagem à Escócia para apresentar uma grande descoberta num simpósio de relevo. Mas uma mulher solteira e de boas famílias não pode viajar sozinha. E só uma pessoa a poderá ajudar.

Lorde Colin Payne, um conhecido libertino, está ansioso por voltar a Londres, agora que a guerra acabou. Porém, sem dinheiro, não tem como sair da vila. Minerva Highwood tem a solução para o seu problema, mas para isso ele terá de a acompanhar até Edimburgo.

Estes parceiros improváveis embarcam numa viagem de quase 700 quilómetros, tentando convencer as respetivas famílias de que estão apaixonados e que fugiram para casar. Ao longo de sete dias, eles terão de partilhar uma carruagem e… uma cama, sem se matarem. Será que vão conseguir chegar ao destino inteiros? Ou ficarão perdidos de amor pelo caminho?

– Opinião –
Neste segundo livro da série Spindle Cove, temos a história de Minerva e Colin. Minerva é a patinho feio da família mas muitíssimo inteligente, com o sonho de se tornar a primeira mulher geóloga. E quem leu o primeiro volume, sabe que a mãe de Minerva tem o sonho (é mais desespero mesmo) que a filha Diana se case com um homem de estatuto superior. Min não aguenta Colin. Mal o tolera. E de forma a afastá-lo da sua irmã resolve pedir-lhe que ele a acompanhe até à Escócia onde haverá um importante Simpósio de Geologia. Dessa forma, ela não só conquista a sua independência, como livra a sua irmã das constantes tentativas da mãe de ambas em obter a atenção do Lorde Colin Payne. Mas claro que tal feito, iria ter efeitos negativos na honra de Minerva, uma vez que ambos não são casados.

Apesar de ele lhe dizer logo de cara, um não, no final ele acaba por ir com ela. Porque bem… Ela é uma mulher de carácter. Ou ia com ele, ou ia sozinha.
Só que ele tem certas condições: nada de carruagens, nada de viajar à noite e isto limita em muito o tempo de viagem. Mas é nesta viagem louca até à Escócia que ambos passam a realmente conhecerem-se e a ajudarem-se mutuamente.

É uma leitura leve, bem humorada, com momentos de riso. Uma viagem literal de crescimento e mudança. Um volume melhor que o primeiro, talvez por me identificar com a nossa Min!

Anúncios

One thought on “Opinião | Uma semana para se perder, de Tessa Dare

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s