Category Archives: MOVIES

The Greatest Showman

Acabei de ver The Greatest Showman e o meu coração está a transbordar. De amor, de emoção, de alegria. A minha garganta está a fechar e estou meia chorona. Tudo isto porque o filme tornou-se um dos meus favoritos. Adorei tudo. Desde as músicas, que logo aos 8 minutos me fez apaixonar, quantas às personagens,  quanto aos outfits, quanto à própria história! Estou toda arrepiada!

Grande grande mensagem. Acho que tudo o que é necessário é mostrar isto:
Sem Título9
Penso que isto resume tudo, não? Confesso que tive alguma dificuldade em entender algumas partes, mas foi apenas até ao momento em que lembrei-me que o filme se baseia numa história verídica, e que se passou nos anos 1800’s.
Todas as ditas… perdoem a expressão, “aberrações”, hoje em dia já … oh quem é que eu quero enganar? Ainda hoje muitas das pessoas “diferentes”, infelizmente, são tratadas como aberrações. Sabemos sim, que existem doenças e que elas são a causa de muitos dos problemas, mas isso não nos impede de nos afastarmos, de olhar de lado ou mesmo com curiosidade ou escandalizados. E nem me venham com tretas, porque sabem que é bem verdade. Somos muito evoluídos para muita coisa, mas somos MUITO idiotas e racistas e cheios de fobias, para outras.

Mas confesso que fiquei a olhar para a personagem da Zendaya e a pensar… mas wait… porque é que ela está ali no meio? O que é que ela tem de diferente, a não ser, ser trapezista? Tive mesmo de ir pesquisar e quando me apercebi… oh…. o racismo… Fiquei mesmo argh how… How can we still be like this?

Hoje em dia, este mesmo espectáculo seria alvo de tanta mas tanta crítica negativa, tanto de pessoas a odiar as “pessoas diferentes”, como aquelas a tentar proteger e odiar o facto de terem usado essas mesmas pessoas. E vinha, também, a PETA para o barulho, por causa dos animais (que eu totalmente apoio! Não temos nada de os prender!). O que fazer, tho? Hoje em dia, ninguém está feliz com nada.

Desviando de assuntos pertinentes, actuais, mas tristes.
Houve ali cenas que AMEI! Eu poderia encher o post de gifs e mesmo assim, não seria suficiente!
Posso é colocar aqui os vídeos das músicas que mais gostei… Oh God, tenho de diminuir a lista. Vai ser difícil hahaha!
Adoro esta música. For real!

Esta é tão, mas tão linda…
Só o relacionamento deles vai contra tudo e todos. O menino rico e a menina negra e pobre. E foi tão lindo ver esse mesmo amor a sobreviver, mesmo com todos os problemas que poderiam e vieram a acontecer. AI ADORO. Estou a ouvir agora e as lágrimas a querer escorrer hahaha. I am emotional.
A própria letra!

“‘Cause every night I lie in bed
The brightest colors fill my head
A million dreams are keeping me awake
I think of what the world could be
A vision of the one I see
A million dreams is all it’s gonna take
A million dreams for the world we’re gonna make”

“So who can stop me if I decide
That you’re my destiny?
What if we rewrite the stars?”

OH MY GOOOOOOOOOOOOD! I DIDN’T KNOW I NEEDED THIS IN MY LIFE BEFORE…
(btw é nesta parte que o Zac faz uma cena que é tão HSM3! Não encontrei o gif, mas é entre os 3:31 e 3:37. Conseguem lembrar-se da cena de HSM3 que falo? hahaha)

É a última! Prometo!
Esta tornou-se no hino do filme. E com razão. Já ouviram e compreenderam bem a letra? É mesmo inspiradora! Volto a repetir… Estou arrepiada. 

Este filme é lindo. Magnífico. É um dos filmes que admito que me arrependo IMENSO de não ter visto no cinema. Imagino que teria chorado baba e ranho e nem quereria saber. Mas choraria e sorriria e é isso que faço hoje!

Resultado de imagem para the greatest showman gifMine sure isn’t!

Anúncios

O Quebra-Nozes e Os Quatros Reinos, de Meredith Rusu

OpiniãoHoje vou falar-vos de um livro que só me apercebi da existência dele, quando o vi na FNAC, alguns dias depois de ver o trailer no cinema. E devo dizer-vos que quando vi o trailer no cinema fiquei em pulgas! O cenário, o vestuário, tudo aquilo cativou-me!

Então a Leya enviou-me o livro e desde já agradeço IMENSO.
Mas demorei a lê-lo. Porquê? Eu sou daquelas pessoas que preferem ver o filme primeiro e depois ler o livro. Se fizer ao contrário, sinto que odeio os filmes – hahaha – e como não o consegui ir ver ao cinema, tive de esperar, ainda, umas boas semanas.

Entretanto peguei no livro e …… quase devorei.
Vamos por partes. Quando vos falam em Quebra-Nozes, em que é que pensam? Porque a mim, tudo o que me vem à cabeça é o ballet clássico! E honestamente and shame on me for that, eu não fazia a mínima ideia da existência da história clássica, escrita por E.T.A. Hoffman. buuuu

Contudo este livro, editado pela Leya, é uma adaptação do filme lançado no ano passado, escrito pela escritora Meredith Rusu.
E é tãoooo melhor que o filme! Achei que o filme… faltou-lhe ali um quê de qualquer coisa. Adorei na mesma os cenários e as roupas e tudo isso, MAS achei que faltava algo e apercebi-me desse algo quando li o livro. Sabem o que faltou? A história da mãe da Clara.
O livro é escrito em três pontos de vista e o mais importante é mesmo o da mãe da Clara. No livro ela conta como todo aquele mundo mágico nasceu e o que levou às acções de certas personagens e o sentimento é tão bonito, tão acolhedor…

Por isso sim, se ficaram desiludidos com o filme, ou mesmo se o adoraram… leiam o livro. A escrita do livro é super leve, dinâmica e quando derem por ela, já estarão na página final.

  Resultado de imagem para stars emoji pngResultado de imagem para stars emoji pngResultado de imagem para stars emoji png
WOOK | BertrandFNAC
Uma leitura com o apoio da Editora Leya
asa

Avengers: Infinity War | Opinião

Resultado de imagem para infinity war gifts

APRESENTO-VOS The Fantastic Four! Or not. hahahahahah. Kidding!

PRIMEIRA IMPRESSÃO – QUE RAIO DE FILME FOI ESTE? QUE ÓDIO.
Continuando na primeira impressão – QUE FILME AMAZING! Resultado de imagem para infinity war gifsEstão a ver o mix de feelings? Foi isto mesmo.
Posso dizer que literalmente disse um “WHAT?!” alto, no final da última cena. Porque sim, não consegui e ainda não consigo acreditar que o filme terminou assim. Até porque a minha idiota pessoa não sabia, no momento, que já estava previsto a parte II. *oops*

O filme começa com o final de Thor: Ragnarok e o meu coração começou logo a quebrar-se na primeira cena. Principalmente com um momento definitivo que me teve logo a lacrimejar. Grande chapada.

A nossa “sorte” é que o filme tem imensos comic-reliefs, se bem que não conseguiu reconfortar totalmente o meu coração horrorizado e partido.Resultado de imagem para infinity war spider man gifs
Ainda no início do filme, fiquei com a vontade imensa de não só ver alguns dos filmes que ainda não tinha visto (sim sim, Ik, how could I) mas também de rever muitos dos primeiros, porque well… construção de carácter e evolução de personagens, advém já dos filmes iniciais. As obvious. 

O filme é recheado de cenas fortes, heartbreaking, emotivas, tristes, raivosas. E consegue fazer isso numa só curta cena. How great is that? Excelente cena entre o Thanos e a Gamora. Gostei especialmente da parte em que se aprofunda um bocadinho mais a história de ambos.
E falando em Thanos e considerando que ele é o motivo de todo o filme, gostaria de vos perguntar…. Conseguiram odiá-lo?
Por que eu estou muito mas muito confusa. I mean, obviamente que não concordo com os meios dele. Mas consigo entender o porquê. O mundo está a entrar em colapso – neste caso, todos os mundos – tanto a nível de número de seres humanos ou humanóides ou aliens mesmo, como o próprio ecossistema e recursos a que vamos buscar tudo do que necessitamos, exatamente pelo excesso de população. Basicamente ele quer assegurar um futuro melhor, e como tal, a seu ver, a única solução é matar metade da população de cada planeta.
O sonho é o correcto. Afinal, todos queremos um mundo melhor, um futuro melhor, mas o meio que ele usou para alcançar esse fim, foi o pior de todos. Estamos a falar de “genocídio”, mas não contra um grupo com determinadas características comuns, e sim de forma aleatória, dita “mais justa”.
Acredito e isto é um grande aparte, que bastantes das doenças que mais matam aqui no nosso planeta, são criadas para esse mesmo efeito. E gostemos ou não, temos também Mother Earth kicking our butt.

Argh this is complicated! And it hurts!

Wakanda! Voltámos à terra de um dos melhores filmes ever da Marvel e eu super entusiasmada! Sério! Adorei a volta das personagens e a Shuri is such an amazing character!
Resultado de imagem para wakanda forever infinity war gifs
A entrada dos Guardiões da Galáxia foi awesome. E adoro especialmente, uma cena dentro da nave. Awesome comic relief! E a cena da pipoca + invisível foi de rir!

O filme, a nível de grafismo foi épico. Os efeitos especiais foram bem executados, dando mais emoção à parte de acção do filme, apesar de que poderiam ter sido melhor explorados em algumas cenas.
A nível musical foi amazing. Notava-se bem o mood da cena em si, assim como a própria mudança de cenário. Um exemplo foi a própria entrada dos Guardians of the Galaxy e a música que os acompanhou.Resultado de imagem para infinity war  guardians gifsAgora…………….
Spoilers ALERT!
SIM! Chegou a altura de spoilar toda a gente por isso, CLOSE YOUR EYES.

Mas que raios foi aquilo! Primeiro temos o Thor (meu Deus, eu babei-me toda, que cabelo lindo, que olhos lindos, que homem lindo!) a sofrer nas mãos do Thanos e para além desse sofrimento, de repente…

Okay antes de outro big SHOCK, ainda temos a oportunidade de ver uma referência ao primeiro filme e eu fiquei toda awwwww – “We have a Hulk”. (A imagem está com má qualidade mas assim que estiver disponível, irei trocá-la.)

 

Mas do nada o Loki… ploft. Caput. Gone. TIPO NO NONO. THE HECK. NO!

Well… lá vai o Hulk para a Terra again e seriously. Que riso. YOU BIG COWARD. Então não é que ele não quer aparecer mais? O Bruce literalmente tenta fazê-lo aparecer e o big pussy esconde-se! Well… Até que foi cómico.

A morte da Gamora afetou-me imenso. No momento em que o “Dementor” diz it’s a soul for the soul stone. E que tem de ser a alma de quem ele mais ama, I knew I was screwed. I mean… Eu sabia que era a Gamora. E quando ela se começou a rir toda aliviada a dizer que o pai não ama nada, nem ninguém, o meu coração partiu-se porque … well… todos sabemos… Todos já adivinhávamos o final da cena, não é? Não tenho vergonha nenhuma em admitir que chorei. Acho que foi uma das cenas mais bonitas e mais tristes do filme.

MAS AQUELE FINAL. NÃO ME CONFORMO.
Quando todos eles começam a desaparecer eu fico NOOO! WAIT NO! Mas já pensaram bem? Estamos todos preocupados com este final e como vai ser e como vai voltar, mas LEMBRAM-SE do que o Doctor Strange disse??? Ele viu +14,000 outcomes possíveis e só num ganhavamos. E no filme parece que o outcome parecia que tinhamos perdido. MAS A ÚLTIMA FRASE QUE ELE DISSE FOI “Era a única forma possível” … forma possível de eles ganharem! Esta luta e desaparecimentos poderão estar incluídos nessa única forma! AAAAAH MARVEL YOU’RE AWESOME!

E pensem! O Thanos destruiu a luva. Mas as pedras, claro, continuam perfeitas. E HÁ OUTRA LUVA, junto do anão! E será que ele não pode trocar a pedra da alma pela alma da Gamora? A soul for the stone soul….. Será que funciona de forma contrária? *screams internally*

Btw ficaram até ao final dos créditos?? Hope so! Porque temos another heartbreak plus a huge information!
Oh well….

 

Opinião | A Bela e o Monstro

Que começo de mês mágico!
O mais mágico de todos! Decidi começar o mês do meu aniversário a visualizar o filme que já saiu há uns meses mas não sei o porquê de nunca ter visto!
Estou toda emocionada agora hahaha!

Bela e o Monstro é um clássico amado por milhares. Um dos melhores filmes Disney. E conseguiram fazer uma adaptação à altura! Agradeço a Deus, por isso!

Vamos, então, aos SIM SIM SIM, depois aos PODE SER…., passando aos MEH e uns NÃO.

SIM SIM SIM, em relação ao cenário! MAS QUE MARAVILHA DE CENÁRIO! O castelo estava lindíssimo e dei por mim a querer andar por aqueles corredores e escadas, tal e qual como uma princesa… ou como a Belle!
E a vila estava…. AISH queria passear lá!

Adorei o casting de alguns dos personagens! O melhor de todos para mim foi, sem dúvida, o Gaston. Que ódio de personagem mas que casting fabuloso! Acertaram na mouche! E também gostei bastante do LeFou, apesar de no filme animado, ele ser bem mais tótó.
A Emma Watson (carago que ia escrever Hermione, apesar de não ter pensado nela durante todo o filme) esteve muito bem, também! E o papá dela é um fofo ❤
E AMEI aquele mapa mágico! Invenção total mas AMEI.
Estava era totalmente unaware de alguns actores! Quando vi quem era o relógio e quando vi quem era a Madame Potts, a minha boca fez um “o” perfeito hahaha. E sorry mas “Volta a ser relógio, volta a ser relógio” foi MUITO BOM! HAHHAHA
Fiquei parvinha da vida quando vi que a Audra McDonald, a eterna Dr. Naomi Bennett, de Private Practice, canta. E MAIS DO QUE BEM. Chocada!

Adorei a cena da Belle a descobrir o que se passou com a mãe. Uma pequena explicação totalmente adequada para o que poderá lhe ter acontecido. Apesar da peste negra ter sido nos anos 1343-1353 e da história da Bela e o Monstro ter sido escrita em 1740 (com bastantes diferenças na versão original btw), existiu sim uma peste em 1738 que afectou alguns países, entre eles a Roménia, Hungria, … Quem sabe….

Os PODE SER são raros….. eh pah … as trigémeas loiras do filme animado que são lindíssimas, viraram morenas e feinhas >< Mas como não são assim tão relevantes, não me fizeram muita comichão.
A cena do Monstro a dar a Biblioteca à Belle é tão fofa no desenho animado e aqui foi entrarahgostasokentãoéteu. Fiquei tristonha!
Também preferia um espelho mágico maiorzito. Aquele era bonito mas tão pequeno, quase não se via nada. Bah.

Resultado de imagem para belle library

MEEEEHH é o que pensei quando vi a pequenina livraria da vila da Belle.
Como é que um espaço que até tinha alguns livros e a icónica escada (quero uma escada assim), passa para meia dúzia de livros?

Esperava mais de alguns figurinos também. A maior parte dos da Belle estavam bons, mas queria que tivessem sido mais fiéis. A cena da neve tem um vestido e manto tão lindos e no filme não teve appeal nenhum….

O que nos leva a um NÃO. SIMPLESMENTE NO. A sério? Aquele vestido deixou-me com azia. Sim é bonito. Muito. Mas totalmente não adequado. TIPOOOO ela ao lado dele parecia uma camponesa! O que era mas não vem ao caso. Mas ele ali todo lindão com aquele fato e o vestido dela… tão simples… quase que servia para… aia? Desapontou-me imenso. E eu fui para o filme decidida a let it gooooooooo hahah. Não consegui.

Resultado de imagem para belle dress gifResultado de imagem para belle dress gif

Houve uma cena que me chocou, apesar de já ser normal no ser humano. Infelizmente. O carisma de uma pessoa que leva tantas outras a juntarem-se a um movimento. Vemos tantos casos em que isso deu para o torto e apesar disso não aprendemos e continuamos a cair no mesmo erro.
Falo, claro, quando o Gaston é publicamente rejeitado pelo pai da Belle e humilhado decide mentir e virar o povo contra ele. Vemos um elo mais fraco que sabe a verdade mas por medo/admiração decide calar a boca e ir na onda. Vemos depois um povo com medo, tornar-se violento e furioso apenas porque um deles disse que aquilo era um monstro e ainda se viraria contra eles. Um “monstro” que nunca lhes fez qualquer mal e de repente, ah e tal, vamos matá-lo porque ainda nos vai matar e/ou atacar? PUH-LEASE.

Mas that aside…. AMEI O FILME. Quero já rever a versão animada e sentir a magia toda de novo! A criança dentro de mim, agradece!
Imagem relacionada